Pesquise aqui

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Só Hoje

Hoje queria o brilho daquela estrela que eu não posso alcançar

Hoje a noite inteira vou ficar olhando o brilho desse estrelejar

Hoje na rua não saio só pra evitar de te encontrar

Hoje que eu não te encontro me bate a tristeza e me faz chorar

Hoje meus olhos chorando e não tem você aqui pra enxugar

Hoje a vida passando e eu te esperando e você não quer voltar

Hoje aquela estrela brilhando e eu não quero nem olhar

Hoje não faz mais sentido o amor escondido que era pra te dar

Hoje a luz daquela estrela não vai mais se revelar

Hoje o amor que eu guardava e você não quis receber

Hoje sou de outra pessoa e você tem que aprender

Hoje a vida que levo me fez perceber

Hoje pensando sozinha em nenhum segundo lembrei de você.

Hoje matei o passado e esqueci o que um dia disse não esquecer

Hoje não recebo recado enviado por você

Hoje não canto a canção que não é mais nossa

Hoje não escuto mais samba mudei de estilo e agora é só bossa

Hoje rasguei os papéis que você me escreveu

Hoje recebi um bom dia, um beijo e um abraço e não foi teu

Hoje minha vida é assim só fala de mim quem tem pra falar

Hoje os que falam sem motivo é falta de alguém pra amar

Hoje a felicidade me faz companhia e não gosta de cobrar

Hoje não tenho monotonia é só alegria, mas não vou te invejar

Hoje fui ao cabeleireiro, cuidei do cabelo, mandei escovar

Hoje passei na lojinha de bijuteria e quis me enfeitar

Hoje comprei o ingresso daquele show que você prometeu

Hoje acompanhada me deito com outro e esse outro não é meu

Hoje me sinto a tal e amanhã mais tal ainda estou

Hoje começo de novo tudo que esse dia me proporcionou

Hoje que penso no amanhã espero sua ligação e você nem ligou.


Najhara Alves. Irecê-BA, 11/08/2009.

02h: 32min: 00s

2 comentários:

  1. hoje eu acordei, levantei e seu poema li. muito bacana! valeu

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse poema.Nossa!Amei amei amei.
    Beijo minha linda continue postando seus sentimentos traduzindo-os em palavras por aqui por que nós leitores só temos a agradecer.
    Ass: Adriano Machado.

    ResponderExcluir